Imprensa

6 de fevereiro de 2020

Estudantes de Carapicuíba terão programa de consumo responsável de energia elétrica

A Prefeitura de Carapicuíba e a Enel firmaram convênio para a implantação de um programa de educação ambiental na rede municipal de ensino. Trata-se do programa Enel Compartilha Energia na Escola. Na manhã de quarta-feira, 5, a secretária de Educação Lilian Braga Vieira assinou o termo de parceria, juntamente com Daniele de Andrade Mohacsi e Gisele da Silva Pereira, ambas representando a Enel, Alexander Tenório, diretor da Poweresco, e Daniel Cavaretti, da G10 das Favelas.


O programa envolve, inicialmente, os estudantes da quinta série, em orientações sobre eficiência energética, meio ambiente e sustentabilidade, além de cidadania e ética. A sistemática inclui cadernos didáticos com metodologia para capacitação, monitoramento e avaliação.


“Já marcamos a primeira reunião com diretores das escolas envolvidas”, anuncia Lilian Braga, “para dar largada nesse programa de consumo responsável”.


A parceria Prefeitura/Enel já resultou em um programa de coleta seletiva inédito no país. É o Recicla Carapicuíba, programa que consiste na convocação de alunos, e seus respectivos pais, para levarem o material reciclável até a escola, onde é pesado, com respectivo valor deduzido na conta de energia elétrica. O plano piloto envolve 10 unidades do bairro da Cohab, somando cerca de 3 mil alunos.


A criança separa o material reciclável em casa e traz para a escola. Papel, plástico, metal ou vidro, são pesados separadamente por uma equipe da própria escola. Um software, desenvolvido pela Enel, calcula o valor do material, que será abatido na fatura de energia elétrica. A criança inscrita recebe um cartão, em seu nome, onde consta ainda o número da conta de energia de sua casa:quanto mais material trouxer, maior o desconto.

 

 



Ver todas as notícias